Dicas de músicas para Retrospectiva de 01 aninho…

24 abr

Quando estava preparando a festinha de 01 aninho da Isabella, quase enlouqueci. Mesmo contratando buffet e tudo mais sempre tem algo que você quer colocar do seu jeitinho e eu, particularmente sou muito detalhista.

Quando a pessoa que fez a retrospectiva da Isa pediu para eu escolher as músicas, não tinha pensado nelas ainda. Mas o problema é que faltavam apenas 15 dias para a festa, então fiquei doidinha escutando váriasssss músicas, váriasss vezes. Eu não queria que fosse igual a todos os outros que normalmente a gente vê, porém acabei usando algumas músicas “comuns” em retrospectivas, mas que pra mim tinham algum significado, não somente por serem bonitinhas e emocionantes.

Eu usei 5 músicas:

1 – Um anjo do céu – Maskavo

Coloquei porque, meus amigos sabem, AMO essa música desde a minha adolescência, viagens e etc..

2 – Fico assim sem você- Adriana Calcanhoto

3 – Completo – Ivete Sangalo

4 – Cria – Maria Rita

Acho linda e bem alto astral, vou até postar a letra mais abaixo…

5 – Lua de Cristal – Xuxa

Bem cara de criança, foi bem legal para fechar a apresentação.

 

Cada um tem um tema, um gosto, mas o que vale é escolher músicas que tenham a ver com o contexto e que sejam direcionadas ao momento tanto seu quanto o do seu filho…

 

Letra: Cria

Maria Rita

Crescendo foi ganhando espaço
Pulou do meu braço
Nasceu outro dia e já quer ir pro chão
Já fala mãe, já fala pai
Já não suja na cama
Não quer mais chupeta
Já come feijão
E posso até ver os meus traços nos primeiros passos
Tropeça e seguro e não deixo cair
Se cai, levanta, continua
A porta da rua fechada
Criança não deixo sair
Da linha, da linha

Reflexo no espelho leva à emoção
A lágrima ameaça do olho cair
Semente fecundou
Já começa a existir

É cria, criatura e criador
Cuida de quem me cuidou
Pega na minha mão e guia.

Vocabulário da Isabella – 01 ano e 15 dias

20 abr

Conforme o tempo vai passando, os bebês, que hoje com 1 aninho já não são mais denominados assim e confesso que isso me deu uma dor no coração quando li, as crianças costumam escutar as palavras e repeti-las incansavelmente. Os sons as vezes ficam bem parecidos com a palavra original, porém nem sempre conseguimos compreendê-las.

A Isabella está numa fase em que só repete a última palavra da frase, por exemplo: “Maylon, você é muito feio…não pode fazer xixi aqui…”, ela comenta: “titiiii”…brigando com o cachorrinho…ou então ela até chega a completar uma contagem ou algo parecido como “1,2,3 e…” ela responde: “Jáaaaaa”…muito engraçado. Ela já consegue olhar pra “mamãaae” e falar “mamá”, “naná” (mesmo que ela não durma..rs).

De acordo com o site Babycenter, o desenvolvimento da fala na idade da Isa é:

De 1 ano a 1 ano e 5 meses
Ele usa uma ou mais palavras e sabe o que elas significam. Pratica até mesmo a inflexão, elevando o tom ao fazer uma pergunta, como “co-lo?”, quando quiser ser carregado, por exemplo. A criança percebe a importância da fala e o enorme poder que representa o fato de ser capaz de expressar suas necessidades.

 Vocabulário de hoje:

Uóuó – vovó

Titiiii – xixi

Totô – cocô

Isabella, vc não me dá um minutinho de paz (diz a mamãe, brincando…) – “Paeceee” (ela responde)…muito linda!!!

Bumbum – ela adora dizer isso…

Déice – Dez

Bebê – já consegue falar bebê olhando pra boneca

Bóaa – Embora e vai direto pra porta

Tau – Tchau

Pum – Pão

Papá – quando quer comer ou me vê no fogão

Aua – água

– ela consegue falar, mas quando dizemos: Mão, cabelo, cabeça ela só aponta e mostra onde é…Imagem

Atatá – Patatá, quando quer que coloque o DVD pra ela…

Entre outras palavrinhas que não estou lembrando, pois tenho certeza que existem várias, ela é bem tagarela…passa o dia todo andando a casa e falando sozinha, com os bonecos, com a TV…

Além de tudo isso ela entende tudo que você pede à ela e faz depois…tipo assim: “Pega a roupinha e põe no cesto”, ela lindamente vai, pega a roupinha dela no chão e leva pro cesto…

Completa músicas, como…” Ai, ai, ai, ai, ai, ai…assim você mata o …” – “Papaiii”…ela responde…na verdade ela fica fazendo o “ai papaiii…ai papaiii…”..

Acho que a escolinha ajudou bastante. Desde que ela começou a frequentar a escola, vem com uma novidade. O contato com outras crianças ajuda no desenvolvimento.

É impressionante como a gente consegue perceber o desenvolvimento da criança todos os dias…cada dia uma palavrinha nova que sai, mesmo sem querer, cada dia uma ação que impressiona todo mundo…

ImagemImagemImagemImagem

Dia do índio…

19 abr

Bom…como todos já sabem, hoje é comemorado o Dia do Índio.

Cada lugar comemora de uma forma. Na escolinha da Isabella, por exemplo, eles pediram para cada aluno levar um pratinho de comida típica indígena como tapioca, paçoca (que eu nem sabia que era de origem indígena, mas tudo bem), guaraná, suco de milho entre outros.

Em cada data comemorativa devemos parar para pensar o porquê dela. Se existe uma data separada só para os índios, deve ser porque eles em algum momento foram ou são importantes para a população.

Origem da data 

Para entendermos a data, devemos voltar para 1940. Neste ano, foi realizado no México, o Primeiro Congresso Indigenista Interamericano. Além de contar com a participação de diversas autoridades governamentais dos países da América, vários líderes indígenas deste contimente foram convidados para participarem das reuniões e decisões. Porém, os índios não compareceram nos primeiros dias do evento, pois estavam preocupados e temerosos. Este comportamento era compreensível, pois os índios há séculos estavam sendo perseguidos, agredidos e dizimados pelos “homens brancos”.

No entanto, após algumas reuniões e reflexões, diversos líderes indígenas resolveram participar, após entenderem a importância daquele momento histórico. Esta participação ocorreu no dia 19 de abril, que depois foi escolhido, no continente americano, como o Dia do Índio.

Comemorações e importância da data

Neste dia do ano ocorrem vários eventos dedicados à valorização da cultura indígena. Nas escolas, os alunos costumam fazer pesquisas sobre a cultura indígena, os museus fazem exposições e os minicípios organizam festas comemorativas. Deve ser também um dia de reflexão sobre a importância da preservação dos povos indígenas, da manutenção de suas terras e respeito às suas manifestações culturais.

Devemos lembrar também, que os índios já habitavam nosso país quando os portugueses aqui chegaram em 1500. Desde esta data, o que vimos foi o desrespeito e a diminuição das populações indígenas. Este processo ainda ocorre, pois com a mineração e a exploração dos recursos naturais, muitos povos indígenas estão perdendo suas terras.

Abaixo alguns moldes de máscaras para a criançada colorir e brincar hoje para comemorar este dia tão importante para nossa história.

Máscara 01Máscara 02Máscara 03Máscara 04Máscara 05Máscara 06

Noites em claro…

18 abr

Desde que a mulher vira MÃE, existe na vida dela uma rotina nem um pouco agradável, porém, necessária por diversos fatores:as longas e duras noites em claro.

Dizem que as mamãe já estão pré-programadas fisicamente para aguentar essas noites em claro, por isso, muitas vezes aguentam mais que os papais passarem a noite inteira acordada, preocupada e ainda estar na ativa no dia seguinte. MÃE 24hs, conhecem?

Estas noites começam desde quando estamos grávidas. No final da gravidez é muito difícil achar uma posição confortável para dormirmos. Eu por exemplo, à partir do 8º mês não consegui dormir direito (NUNCA MAIS ATÉ HOJE), não achava posição, ficava com falta de ar, pois a barriga estava grande demais e pressionava o meu diafragma, tendo então que me adaptar a dormir sentadinha (posição que uso até hoje com a Isabella quando está doentinha, pois só dorme no colo e sentada). Além de muita dor na região lombar, por causa do peso excessivo e também meu ciático que ficava um pouquinho comprimido (segundo o médico).

Quando o bebê é pequenininho, recém-nascido, os motivos são diversos: cólicas (principalmente), adaptações de horários, mamadas noturnas entre outros.

Quando começam a crescer, existem os mesmos fatores e se adicionam outros como quando ficam doentinhos, Imagemmanha, colo, etc. Foto ao lado com a tia Ericka ajudando a mamãe a  segurar a barra.

Há mais ou menos 02 semanas a Isabella não está muito bem. Estou relacionando a mudança de estação, pois dizem que no outono e inverno os “resfriadinhos e alergias” tendem a aparecer com mais frequência. Ainda mais que sou alérgica também, creio que ela tenha herdado a parte ruim da mamãe.

Ela está com o nariz entupido, coriza, teve febre há 01 semana, pois logo passou. Desde segunda está com uma tosse chata, principalmente a noite. RESULTADO: Não conseguimos dormir.

Os médicos dizem que provavelmente é alergia, pois fizemos um raio X do pulmãozinho dela e Graças a Deus está limpinho. A infecção mesmo está nas vias aéreas. Porém, eles dizem que como ela é muito novinha, não podemos afirmar que seja alérgica a algo, pois ela não tem histórico ainda. Eu particularmente acho que histórico ela já tem: questão hereditária, várias vezes com a mesma repetição de sintomas e tal.

Receitam somente Sorinho para o nariz (pingar várias vezes no dia), inalação com soro (para tentar “limpar” as vias aéreas) e muito colo. Ontem utilizei aquele aspirador nasal. Nunca havia usado, achava estranho esquisito, porém vi que não dói nada e dá um alívio danado pro bebê, mesmo que seja por pouco tempo.

Procurei uma alergista para ver uma opinião especializada. Vamos ver o que ela me dirá.

Bom, fechando o assunto, estou mais uma vez me rendendo a uma boa cama, mas como nunca conseguimos, o jeito é seguir dando colo e muito carinho pros nossos tesouros quando estão dodóis…e a mamãe que se vire pra trabalhar no dia seguinte.

Imagem

“Minha pequena, apesar das noites em claro, faço tudo com muito amor…não vejo a hora de você melhorar logo e continuar bagunçando a casa toda…fico com o coração apertadinho de ver você assim…TE AMO!”

Apresentando…

16 abr

Olá…Meu nome é Raquel, tenho 27 anos, sou mãe da ISABELLA (que recentemente fez 1 aninho) e fisioterapeuta. Tinha um blog “Nossa História” que, por motivos de limitações não consegui prosseguir com o mesmo, então, atendendo a sugestão da minha amiga Paty do blog “Conversando com Bernardo” alterei minha conta para o WordPress e estou adorando. Estamos em fase de adaptação, porém, verifiquei que existem muitas ferramentas que ainda estou aprendendo.

Falaremos um pouco sobre o Blog. Quero seguir a mesma linha do antigo, registrando momentos meus como mãe/mulher, conquistas e descobertas da Isabella, ajudando as mamães (e futuras mamães também) com artigos e reportagens que nos

ajudam muito no nosso dia-a-dia. Também falarei sobre saúde, beleza, dicas de artes (artesanatos que eu amoooo) e curiosidades. Será um “

mix” de coisas legais que espero agradar à todos.

Este post foi mais um teste, porém verdadeiro. A partir de amanhã tentarei atualizar o blog TODOS OS DIAS, mas como sou mãe…farei o possível para que isso aconteça!!! rs

Um beijo e até amanhã!!

Imagem